Como proteger piso durante reformas? Dicas para não errar

4 minutos para ler

Uma das grandes preocupações durante uma obra ou reforma é a proteção dos revestimentos como o piso, que são facilmente danificados pelo tráfego dos trabalhadores e pela queda de materiais e equipamento. Quando o cuidado não é feito da melhor maneira, os prejuízos podem ser permanentes.

Para evitar esse tipo de problema, existem produtos específicos para a proteção de pisos, oferecendo resistência contra impactos, arranhões, manchas de tintas e solventes. Quer saber como proteger piso de forma fácil e eficiente? Confira este artigo que preparamos para você. Boa leitura!

Quais são as alternativas ineficientes para proteger pisos?

Existem muitas maneiras conhecidas de como proteger piso durante reformas e construções. No entanto, algumas não são recomendadas, pois podem deixar partes desprotegidas ou estragarem rapidamente. É o caso da lona que, embora seja uma solução barata, não é resistente a rasgos, e até mesmo a sola do sapato pode provocar furos na sua superfície.

Outro problema de materiais lisos como a lona é a não absorção de líquidos, como tintas e solventes, causando sujeira e desorganização na obra. Esse problema também acontece com o plástico bolha, o que pode ocasionar manchas difíceis e até impossíveis de retirar.

Um produto bastante utilizado para proteger piso é o papelão, mas ele rasga muito facil podendo escorrer tinta, argamassa e outros materiais que danificam o revestimento e quando molhado ainda solta um liquido amarelado podendo manchar o piso. Além disso, por não aderir à superfície do piso, ele se move com facilidade aumentando o risco com acidentes, dificultando o trabalho e a produtividade da mão de obra, além da necessidade de substituição frequente.

Como proteger piso de forma adequada?

Para que o piso seja protegido contra a queda de equipamentos e produtos que possam arranhar ou manchar a sua superfície, foram desenvolvidas algumas alternativas e técnicas específicas, muito mais eficazes do que as citadas anteriormente. Confira!

1.  Salva piso

O salva piso é um produto que une o papel kraft e um plástico bolha resistente.

A aplicação desse produto é simples e rápida, basta limpar a superfície e colocar nas áreas desejadas. Oferece durabilidade e proteção ao piso até o fim da reforma. Ele preserva o revestimento contra impactos, além de ser impermeável e absorver líquidos até a secagem completa sem rasgar.

Dependendo do fluxo da obra, o salva piso pode ser reutilizado em outras obras. Além de ser uma ótima forma de como proteger piso, esse produto facilita a limpeza, melhora a organização e proporciona um melhor aspecto visual no canteiro.

2.  Manta autoadesiva

Tem surgido no mercado as mantas autoadesivas como outra alternativa para proteção de pisos, elas são impermeáveis, porém tem uma espessura bastante fina rasgando com facilidade e baixo nível de proteção ao impacto. A característica adesiva, que a principio é uma facilidade, pode levar a uma enorme dor de cabeça na remoção podendo deixar resíduos de adesivo. Certifique-se de que todos os cantos e emendas estão bem colados para evitar manchas.

Como você viu, existem diversas maneiras eficazes de como proteger piso durante uma reforma. Lembre-se que uma solução barata pode causar prejuízos como arranhões e marcas permanentes. Por isso, opte por produtos de qualidade e que vão garantir uma obra sem preocupações e retrabalhos.

Se você gostou deste artigo, compartilhe-o nas redes sociais para que mais pessoas possam ter acesso a essas informações!

Posts relacionados

Deixe um comentário