Veja como fazer um bom controle de mão de obra na construção civil

4 minutos para ler

O desempenho dos trabalhadores é fundamental para que a obra tenha boa qualidade. Mesmo com boas ferramentas, se os profissionais não forem devidamente capacitados, os resultados não serão os esperados.

Por isso, é fundamental manter controle sobre os profissionais para que não ocorram desperdícios e perdas. Isso também permitirá que os processos se desenvolvam com mais rapidez e eficiência, e que tudo o que foi definido no planejamento seja efetivamente cumprido, evitando erros.

Os retrabalhos são grandes vilões nas obras de construção, pois consumem mais tempo, prejudicam a produtividade e aumentam os gastos. Por isso, vamos mostrar como fazer um bom controle de mão de obra na construção civil. Veja a seguir!

1. Contrate profissionais qualificados

Quando não contamos com profissionais capacitados, os resultados negativos impactam diretamente no dia a dia no canteiro de obras. Pequenos acidentes ou erros graves podem gerar custos extras, que estouram o orçamento original. Isso significa que a contratação de mão de obra capacitada resultaria em menores gastos.

Um trabalhador qualificado sabe a quantidade exata de material que deve ser usada em cada situação, o que evita gastos desnecessários de argamassa, tijolo, cimento, areia. Uma empresa pode ter uma economia de 30% quando investe em profissionais qualificados.

2. Tenha cuidado no contrato

Para obter mão de obra na construção civil, o contrato é um documento de máxima importância. Nele estão registradas todas as informações pertinentes ao trabalho, definindo os direitos e deveres de cada parte.

As cláusulas contratuais tratam de diferentes assuntos, como prazos, salário/remuneração, multas por rescisão e outras infrações, e assim por diante. O contrato é um documento com validade jurídica e tudo que estiver registrado nele deve ser considerado e seguido.

Muitas questões trabalhistas poderiam ser evitadas se os contratos fossem mais claros em suas cláusulas, não dando margem a interpretações dúbias.

3. Garanta a segurança dos processos

Os profissionais precisam desenvolver seu trabalho em um ambiente confiável, ou seja, com toda a segurança. Os EPIs e EPCs (Equipamentos de Proteção Individual e Equipamentos de Proteção Coletiva, respectivamente) são obrigatórios na construção civil, e existem normas regulamentadoras que tratam do assunto.

Certas estruturas, como os andaimes e as escadas, devem estar em boas condições de uso. Também é preciso usar cordas, guarda-corpos, capacetes, botas, óculos e luvas de proteção, roupas apropriadas, máscaras de proteção e outros.

4. Acompanhe a execução dos trabalhos

Manter o controle da mão de obra na construção civil implica em monitorar a execução diária dos trabalhos, fiscalizando se o projeto está sendo realmente efetivado. Dessa forma, é fundamental comparar o que foi planejado com o que está sendo realizado. O impacto nos custos é direto, pois se os profissionais desperdiçam muitos materiais, por exemplo, é natural que os gastos no canteiro de obras ultrapassem o orçamento original.

Tudo deve ser fiscalizado: o uso correto dos materiais, a utilização dos EPIs e EPCs, a jornada de cada trabalhador, o período previsto para a realização de cada etapa, a interação entre os membros da equipe e demais fatores relevantes.

5. Engaje a mão de obra na construção civil

Todo serviço só produz bons resultados se a equipe se engajar com seu trabalho. É preciso que os trabalhadores fiquem estimulados, se sintam motivados a exercer suas funções e façam suas atividades com boa vontade.

A remuneração é um importante estimulador, mas também é fundamental manter um ambiente sadio, em que os membros de uma equipe conseguem se entender bem e os líderes mantêm uma boa comunicação com seus subordinados, é fundamental para o engajamento coletivo.

Também convém desenvolver uma metodologia moderna e eficaz de trabalho, de modo que todos os setores fiquem integrados e a comunicação flua com naturalidade. Essa organização também é uma motivação para o engajamento de todos.

Com essas dicas de controle sobre a mão de obra na construção civil, os resultados serão melhores, garantindo a satisfação do cliente e dos próprios trabalhadores. Consequentemente, as chances de obter uma maior margem de lucro e melhorar o potencial competitivo da empresa aumentam na mesma proporção.

O controle da mão de obra depende do planejamento. Portanto, aproveite que está aqui no blog e veja agora como realizar o planejamento de obras!

Posts relacionados

Deixe um comentário