Conheça 7 tipos de acabamentos mais utilizados nas construções

4 minutos para ler

Conhecer os tipos de acabamentos que existem e quais são as tendências de mercado é um processo fundamental para quem deseja entregar um imóvel de qualidade para o futuro cliente. Além disso, essa prática contribui (e muito!) quando o assunto é economia, uma vez que você não correrá o risco de utilizar uma peça no ambiente para o qual ela não foi produzida.

Portanto, se você está interessado em saber um pouco mais sobre esse assunto e não errar na hora da escolha, não deixe de conferir este material até fim. Listaremos, a seguir, os principais acabamentos utilizados na construção civil. Veja!

Alvenaria

Esse é um dos tipos de acabamentos que mais afeta a estética do cômodo, e, por isso, é preciso ter bastante consciência do estilo que você quer adotar no ambiente. Destacamos algumas opções a seguir.

1. Pintura

Essa é uma das alternativas mais simples de serem feitas. No entanto, apesar de sua simplicidade, ela possibilita um universo de opções. Isso porque você pode optar por diversas cores, criar texturas ou, até mesmo, utilizar algumas alternativas especiais do mercado, como as magnéticas ou de fácil limpeza.

2. Azulejo

Atualmente, os azulejos são peças que costumam ser utilizadas em áreas consideradas molhadas, pois ajudam a proteger a alvenaria contra infiltrações. Existem modelos dos mais variados estilos e com imprimação, até mesmo, de imagens, para garantir que o ambiente transmita o estilo do proprietário do imóvel.

3. Ladrilho hidráulico

Essas peças voltaram com bastante força para o mercado, proporcionando um visual bem retrô. No entanto, por ser uma peça que é produzida artesanalmente, ela costuma ter um preço mais elevado. Além disso, para aplicá-la, é preciso contar com um profissional experiente para garantir a qualidade do serviço.

Piso

O piso, além de garantir que a estética do ambiente esteja em harmonia em relação à alvenaria, precisa ser muito bem pensado para qual tipo de ambiente será instalado. Portanto confira algora algumas opções e onde elas podem ser aplicadas.

4. Azulejos

Além das paredes, os azulejos também são utilizados no piso. O mais desejado do mercado é o porcelanato, que agrega bastante valor ao imóvel, tem opções muito bonitas no mercado e é mais resistente e durável — por esses motivos, é possível encontrar peças com dimensões maiores que 1 metro. No entanto também é possível encontrar opções mais baratas, como as de cerâmica, que também podem apresentar características estéticas bastante atraentes.

5. Piso laminado

Essa é uma alternativa para quem deseja trazer o conceito da madeira para a residência, porém, com um baixo custo. O material com o qual ele é produzido é resistente, no entanto é preciso ter cuidado com o tipo de ambiente onde ele será instalado para garantir a sua vida útil, devendo ser evitado em áreas consideradas molhadas.

Teto

Algumas pessoas não costumam dar a devida atenção para essa parte do imóvel. No entanto o teto pode ser um item fundamental para garantir uma estética bastante elegante. Veja!

6. Pintura

Essa é a alternativa mais em conta para dar o acabamento da sua laje. Com apenas algumas demãos de tinta, é possível garantir — além de uma estética mais agradável — a impressão de um ambiente mais alto, trazendo mais conforto para quem conviverá no imóvel.

7. Forro

Com a função de dar o acabamento para a laje e, até mesmo, esconder vigas, canos e criar a personalização da iluminação, o forro é um dos tipos de acabamentos mais importantes. Ele pode ser feito com diversos materiais, mas os mais utilizados no mercado são os feitos de PVC e de gesso.

Deixar o imóvel bonito não demanda altos custos, basta conhecer os tipos de acabamentos existentes no mercado e escolher a opção mais em conta para o seu projeto. Assim, além de garantir clientes satisfeitos, o reconhecimento por um bom trabalho certamente será alcançado com sucesso!

Se você gostou deste conteúdo e quer acompanhar o nosso trabalho, não deixe de assinar a nossa newsletter. Assim, você receberá outros materiais como este diretamente em seu e-mail.

Posts relacionados

Deixe um comentário